Monday, 22 de October de 2018

Brasil no Mundo

Contribuições para a Política Externa Brasileira

receba a newsletter

busca no site

LA JORNADA

BN-HK350_OUTLOO_M_20150315131734

O TISA e os autênticos amigos das transnacionais

Por prever a privatização dos serviços públicos e a desregulamentação dos privados, o TISA é um dos mais preocupantes entre os tratados comerciais sendo negociados atualmente

O Acordo sobre o Comércio de Serviços que negociam em segredo governos de 50 países, incluindo México (TISA em sua sigla em inglês), supera tudo o que se viu até o momento em matéria de tratados internacionais ao buscar benefícios irrestritos às empresas transnacionais, contra os interesses e o bem público. A palavra ‘serviços’ neste contexto abarca desde água e alimentação, até saúde, educação, pesquisa, comunicações, correios, transportes, telecomunicações comércio eletrônico, vendas no atacado e varejo, serviços financeiros e muito mais, inclusive os chamados “serviços ambientais” relacionados a florestas, sistemas hidrológicos e outras funções dos ecossistemas. Até os migrantes são incluídos no tratado como supostos “provedores de serviços”! O setor de serviços é o maior empregador dos países de rendas alta e média, são enormes os impactos contra os direitos laborais e sindicais.