quinta, 23 de novembro de 2017

Brasil no Mundo

Contribuições para a Política Externa Brasileira

receba a newsletter

busca no site

COOPERAÇÃO BRASIL-ÁFRICA

MOZAMBIQUE-BRAZIL-GUEBUZA-ROUSSEFF

Mais de 50 anos de cooperação

Além dos EUA, nações da Europa, da Ásia e da América do Sul também se aproximam da África. O Brasil é parceiro desde a década de 1960

O Brasil foi um dos primeiros países a reconhecer a (...)

CSONU

DESENVOLVIMENTO

encruzilhada.JPG (1)

A Encruzilhada do Brasil

Ano eleitoral apresenta opções de valor histórico para o país

A América Latina e o Brasil estão numa encruzilhada. É o que afirma o estudo Pactos para a Igualdade- Rumo a um Futuro Sustentável (...)

POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA

images- bandeira brasil

A política externa brasileira em tempos de novos horizontes e desafios

Como acontece com outras políticas públicas, a  (...)

COOPERAÇÃO SUL-SUL

images-africa china

Cooperação Sul-Sul e Política Externa: Brasil e China no continente africano

No campo do desenvolvimento internacional, a Cooperação Sul-Sul (CSS) (...)

COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

COOPERAÇÃO SUL-SUL

Maria Regina Soares de Lima,  professora do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ - IESP/UERJ,  coordenadora do Observatório Político Sul Americano - OPSA/UERJ e membro do Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais (GR-RI).

A política externa brasileira e os desafios da cooperação Sul-Sul

A África do Sul, o Brasil e a Índia são considerados países intermediários.  Ainda que não exista acordo entre os (...)

POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA

images-multilateral

Brazil and the Economic, Political, and Environmental Multilateralism: the Lula years (2003-2010)

During the first decade of the 21st century, the multilateral dimension was a challenge (...)

DIREITOS HUMANOS

images-dhs

O Brasil e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos: de Maria da Penha à Belo Monte

O Brasil é um “precursor histórico do sistema pan-americano”   (...)

LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL

1banqueiro-pintando

Na América Latina, a direita procura inventar um discurso social

A Colômbia elege no fim de maio um novo mandatário. Um candidato próximo ao ex-presidente Álvaro Uribe enfrentará o atual chefe de Estado, Juan Manuel Santos. A ruptura entre os dois, antigos aliados, reflete uma outra, maior, no seio da direita latino-americana que tateia para tentar reverter o domínio regional