tera, 17 de outubro de 2017

Brasil no Mundo

Contribuições para a Política Externa Brasileira

receba a newsletter

busca no site

POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA

fa4359ea-ec58-4ef1-b155-e748d44e976a

A política externa que queremos

Mais do que lamentar os retrocessos da atual política externa - omissa e submissa - é momento de lutarmos pela política externa que queremos

Em uma recente palestra a um grupo de pesquisadores da Universidade de (...)

NUSO

fb_1200x

O que há de novo, Donald?

Quais poderão ser os impactos da política exterior de Trump para a América Latina?

Existem quatro grandes tradições de política exterior nos Estados Unidos. Cada uma delas está associada com proeminentes figuras históricas da política norte-americana. Assim, a tradição jeffersoniana deve sua denominação ao ex-presidente (...)

MERCOSUL

88029REIPO-2112212

Os 25 anos do MERCOSUL e a Política Externa Argentina

Mesmo entre marchas e contramarchas, o Mercosul é espaço essencial para a projeção de interesses e objetivos da política externa argentina

Existe pouca margem de dúvida para afirmar que o MERCOSUL é o projeto mais relevante de política externa no qual a Argentina se engajou nas últimas décadas.

SAÚDE

DEMOCRACIA E POLÍTICA EXTERNA

Em defesa da democracia. Não ao golpe!

No caso das relações internacionais, o que está em risco é a concepção de uma política externa altiva e ativa

Nós, integrantes do Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais (GR-RI) e demais signatários, vimos a público nos pronunciar sobre a acirrada crise política e institucional que marca a conjuntura brasileira. A conquista histórica da democracia e o respeito aos direitos humanos são pilares políticos que estabelecem garantias individuais e normas coletivas para a coexistência entre […]

COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

16872789662_0c8b8832ba_b

O Brasil e a cooperação para o desenvolvimento

O País é um ator global importante, mas precisa criar uma política pública eficiente para se relacionar com outros Estados

Nos últimos anos o Brasil tem se firmado no campo da cooperação internacional para o desenvolvimento. O País vive uma situação sui generis, pois é (...)

MIGRAÇÕES

haitianos-em-Sao-Paulo-ong-Conectas-201404290001

A Política do Brasil para as Migrações Internacionais

O objetivo deste artigo é reconstruir em linhas gerais a maneira como o Estado brasileiro vem se posicionando em relação às migrações internacionais(...)

PEB E DIREITOS HUMANOS

SUR-logo-novo (1)(10)

Revista SUR – Política Externa e Direitos Humanos

Os campos dos direitos humanos e da política externa têm dialogado com cada vez mais frequência nos últimos anos (...)

DIREITOS HUMANOS

Mauro Vieira-mini

Não é (só) a economia, chanceler

A política externa voltou aos holofotes nos primeiros dias do segundo mandato de Dilma Rousseff, após ter desaparecido durante o período eleitoral. A boa notícia é que a nomeação de (...)

DEMOCRATIZAÇÃO DA POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA

debate-dialogos-externa_2

Maior desafio da política externa é ser reconhecida como política pública

A ascensão do Brasil como potência emergente, com expansão constante de mercado e atuação mais ativa em grandes fóruns e regiões, fez com que o país ganhasse mais visibilidade e reconhecimento internacional. Prova disso é que, hoje, brasileiros como Roberto Azevêdo e José Graziano ocupam os mais altos cargos em entidades como a Organização Mundial do Comércio (OMC) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), respectivamente.