tera, 22 de agosto de 2017

Brasil no Mundo

Contribuições para a Política Externa Brasileira

receba a newsletter

busca no site

INTEGRAÇÃO REGIONAL

c49f3d32-b46b-4271-9229-daebdf3802eb

O golpe parlamentar e os (des)caminhos da integração regional

Quais serão as consequências das mudanças de governos na região para a integração regional da América do Sul?

Quais podem ser os desdobramentos do golpe parlamentar no Brasil para a integração regional da América do Sul? Como a nova direita que está chegando ao poder em vários países da região pretende levar adiante uma reaproximação com os Estados Unidos?

CELAG

Mitad del Mundo - Equador, 27/01/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante Sessão de abertura da IV Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos - CELAC. Foto: Rafael Carlota/PR

A integração regional em disputa

A alteração na correlação de forças, ausência de instituições de caráter supranacional e falta de complementaridade produtiva marcam o retrocesso da integração regional na América Latina.

Algumas semanas atrás escrevi sobre como a América Latina havia sido convertida na principal região na construção da multipolaridade no Sistema Internacional. Nesta construção, sem dúvida alguma, as novas orientações políticas e econômicas que emanavam do que vinhamos denominando como regionalismo pós-neoliberal possuíam um papel fundamental. Estes processos de integração deviam ajudar a consolidar as grandes mudanças políticas, econômicas e sociais ocorridas durante a última década. No entanto, podemos observar que durante o último ano, os processos de integração regional e concertação política surgidos da orientação política na região durante a última década e meia, também estão em disputa.

AMÉRICA DO SUL

cce7c754-038f-480d-81ef-52124764d9af

Novo ciclo político na América do Sul impacta a segurança regional

Acordos entre Macri e Obama são marcados pela cooperação militar para o combate ao narcotráfico e ao terrorismo na Tríplice Fronteira

As instituições não pairam no ar. A máxima utilizada para demonstrar que (...)

NODAL

Viagem do Ministro das Relações Exteriores a Buenos Aires
Visita do Ministro das Relações Exteriores José Serra a Buenos Aires.
Foto: Embaixada do Brasil em Buenos Aires / MRE
23/05/2016

O futuro do Mercosul

O retorno à subordinação aos centros de poder é uma certeza frente a este Mercosul desideologizado, despolitizado e debilitado.

O Mercosul vive uma mudança de etapa. A vitória de Mauricio Macri na Argentina, a suspensão de Dilma Rousseff no Brasil, o perfil das novas autoridades brasileiras e a crise na Venezuela pintam um panorama complexo para um dos mais importantes blocos políticos, econômicos e comerciais da última década.

INTEGRAÇÃO REGIONAL

Presidentes_en_el_CELAC_de_Caracas_de_2011

Integração: faltou combinar com a burguesia

Como avançar na autonomia do continente se a burguesia brasileira, mesmo se apropriando dos ganhos das exportações para os mercados regionais, sabota o aprofundamento dessa mesma integração?

O projeto de integração regional da América Latina vive seu momento mais difícil.

OUTRAS PALAVRAS

China1

A América Latina diante do enigma chinês

Poder global crescente de Pequim pode livrar região da dependência secular diante de Washington. Mas falta projeto próprio, que não signifique mera troca de patrões

Muito se escreveu no século XXI sobre o papel da República Popular da China no mundo. Contudo, as agências norte-americanas de classificação de risco não a enxergam, ao fazer avaliações para muitos países na América Latina. Na mesma linha estão organismos internacionais, com a liderança do Fundo Monetário Internacional, que encobrem as relações do gigante asiático com a região em assuntos comerciais, financeiros, tecnológicos, energéticos e de investimentos. Tanto uns como outros vêm proclamando que Argentina e Venezuela, por exemplo, padecem de um preocupante estrangulamento financeiro externo; ou que estão em plena insolvência, sem recursos para o pagamento de credores internacionais.

ANSUR

20130731_cadtm1

Banco do Sul promoverá bom uso de recursos naturais

Especialistas reunidos pela organização regional buscam identificar espaços de cooperação financeira e monetária entre os países sul-americanos

A consolidação do Banco do Sul e a gestão do dinheiro proveniente da exploração de recursos naturais possibilitarão geração de conhecimento na região, segundo convergiram os especialistas que participaram da Conferência Internacional de Financiamento para Soberania Regional do Conhecimento, realizada em Quito. O encontro, organizado pela Unasul e a Comissão Técnica Presidencial para a Nova […]

REDE LATINAMÉRICA

Reunião do Conselho do Mercado Comum (chanceleres e ministros da Economia dos países do Mercosul) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Mercosul busca um norte, e também um oeste

É difícil pensar no fortalecer do Mercosul quando os três países mais relevantes do bloco enfrentam crises políticas internas com efeitos na economia

Cinco chefes de Estado cara a cara, sem a chilena Michelle Bachelet, que não quis ficar para ver o debate sobre o anseio boliviano de saída ao mar.

INTEGRAÇÃO REGIONAL

da dri. para a esq.: Prof. Cristina Reis e Pedro Silva Barros em palestra na Universidade Federal do ABC

A UNASUL e os desafios da integração sul-americana

Diante da grave crise econômica e política dos países da região é necessário recuperar a intensidade dos processos de integração.

A UNASUL foi criada através de um forte protagonismo entre os presidentes Lula, Chávez e Kirchner e em um período de auge da Política Externa desses países, principalmente da Política Externa brasileira. No sentido de propiciar pontos de convergência gerais entre os dois processos regionais existentes (Mercosul e Comunidade Andina de Nações) e contribuir para superar as divergências pontuais a ideia da UNASUL é estender a sua atuação para além da integração econômica (...)

INTEGRAÇÃO REGIONAL

unasul_Roberto-Stuckert-Filho_PR

Theoretical and developmental challenges to contemporary South American integration

The world literature on regionalism has privileged the need to differentiate between integration (...)